Onda de Suspiros (Cabeçalho)

Image Map

03/01/15

...maybe...

Não, não será melhor desistir.
Porque se eu continuar, vou-me arrepender de não ter desistido.
Porque se eu desistir, vou-me arrepender de não ter continuado.

Refiro-me ao blogue. Já desisti dos outros que tinha, o que tive durante mais tempo durou cinco meses. Este tem quase quatro meses. Mas às vezes penso que o blogue não me vai levar a lado nenhum, que é uma fútil perda de tempo. Quando deixei o outro blogue eu pensei em nunca mais voltar à blogosfera, mas tornou-se impossível. Parece que dou em doida se não venho aqui todos os dias.
Fico muito feliz quando recebo uma nova seguidora (já somos 37!) e um comentário novo, mas mesmo assim eu penso em desistir.
Sou blogger à quase um ano, por acaso vai fazer um ano dia 21 deste mês,  e quem é blogger à mais tempo do que eu acho que sabe como é, chega a ser um vício vir ao blogue.
Acho que todas as bloggers têm um momento em que já quiseram desistir, mas superaram-no, não sei como.

Depois do blogue, também há outras coisas que me incomodam. Apesar de ser gozada e criticada, tenho amigos verdadeiros e uma família unida, mas a verdade é que eu sinto-me sozinha. E não conto isto a mais ninguém porque não sei como dizer isso sem me desmanchar em lágrimas. Eu preciso de qualquer coisa que me entusiasme, mas já nada faz isso.
Já não passo a vida a rir, apenas a chorar. E o pior de tudo é que eu nem sequer sei porque choro! São tantos sentimentos que tudo se torna uma confusão enorme dentro de mim!
Olho para a borboleta que desenhei no pulso ainda esta tarde. Pintei-a de verde porque o verde simboliza a esperança, porque eu quero ter a esperança de que tudo vai voltar ao normal. Volto a olhar para ela e vejo apenas uma mera borboleta, com enormes asas da cor da pele (não pintei as asas) e o tronco verde.

Nunca precisei de um psicólogo e nunca irei a um, quer queira quer não porque apesar de eles serem profissionais a dar conselhos e tal, eu não vou confessar os meus sentimentos a uma pessoa que não conheço. Bom, eu também não vos conheço, mas ao escrever no blogue é diferente, isso não alivia a minha dor, mas ao menos sei que a probabilidade de me sufocar com os problemas é menor.

Acho que a única cura para os meus problemas é a seguinte:conhecer um lugar novo, onde não conheça ninguém. Por isso é que eu quero fazer um intercâmbio. Por isso é que eu quero passar um ano fora desta cidade, fora deste país. A ideia não me assusta. Mas eu não sei se isso é possível, porque para passar um ano fora do país numa escola como intecambista custa mais de 10 mi euros e acho que não há dinheiro suficiente. Depois também não sou grande coisa a inglês, mas eu quero mudar isso.

Eu não quero que a escola comece, porque vou ter de voltar a aturar aqueles olhares desdenhosos todos e vou ter de ouvir umas bocas foleiras, mas ao mesmo tempo quero que comece para eu para ter de estudar, para ser forçada a rir por causa das piadas estúpidas que certas pessoas fazem no meio da aula e para voltar a estar com a BF, a MS, a SD e a ILA, ao menos falamos de alguma coisa e eu não deprimo.

Quanto ao blogue, eu não sei. Porque eu acho que acabaria por voltar! Mas é certo de que não virei todos os dias, porque este período eu vou estudar todos os dias e não sei quando virei ao blogue.
Quanto ao facto de me sentir sozinha a deprimir, a música ajuda. Durante o caminho de volta a esta cidade que é demasiado pequena para ser considerada cidade ouvi os meus novos CDs dos One Direction e do Ed Sheeran e adorei as músicas e fiquei feliz por ouvi-las.

Após um longo post, chego à conclusão de ouvir música é a única coisa que não me deprime. Vamos ouvi-la!
Poxa, amanhã é o último dia em que posso dormir até tarde...

8 comentários:

  1. Esse sentimento passa por todos nós, vais ver que isso não passa de uma fase! :))
    Quanto ao blog, tens um blog lindo, que está a evoluir cada vez mais, não o desprezes, e além disto tudo eu gosto muito dele e de ti ahaha :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... Espero que esta fase passe rápido, entretanto ouvir músicas e dançar que nem uma maluca servem de "remédio"!
      Quanto ao desistir do blogue, MUUUUUUUUUITO OBRIGADA pelo carinho e pelo apoio, tens razão, eu não o devo desprezar! :)

      Eliminar
  2. R: São mesmo e ficam na nossa memória!

    ResponderEliminar
  3. As memórias mais lindas e mais imprevísiveis são essas que ficam guardadas para sempre :)

    ResponderEliminar
  4. Esse pensamento passa por todos/as as bloggers! E acho que não deves desistir. Eu gosto bastanto do teu blog e ficaria triste se terminasses com ele mas se achas que isso te fará melhor apoio. Para essa solidão que sentes, aconselho-te a juntar-te a algo novo. Já senti o mesmo há algum tempo atrás e entrei num grupo de ginástica acrobática, criei novas amigas e melhorou, melhorou bastante. Faz o mesmo! E boa sorte! (pensa melhor quando a isso de desistires do blog)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohh Abby, eu fiquei tão contente com o teu comentário!! Muito obrigada pelo apoio, acredita que isso me ajudou!!
      Tipo, esqueçe completamente isso de eu desistir do blogue, já não o vou fazer! :D
      E obrigada pelo teu conselho :)

      Eliminar
  5. Espero que a tua vida melhore! Não deixes a blogosfera, ela precisa de ti!
    beijo*
    http://i-set-my-world-on-fire.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Obrigada pelo carinho e pelo apoio Anira. Já desisti de desistir do blogue.

    ResponderEliminar

♡ Leio e respondo a todos os comentários.
♡ Escusas de insultar, faz antes uma crítica construtiva.
♡ Deixa sempre o link do teu blogue no final.
♡ Adoro-vos a todos/as!