Onda de Suspiros (Cabeçalho)

Image Map

24/01/15

I Didn't Say Goodbye...

Sábado, 24 de janeiro de 2015
Querido blogue,

Mais uma vez vim falar-te sobre a minha professora de português. Ainda não consigo aceitar o facto de que ela morreu. Não estou paranóica, mas sinto que me estão a mentir. Como já te disse, é como se eu soubesse que na segunda-feira ela irá estar lá para me dar a aula, para corrigir o trabalho de casa, para ler e para comentar. Embora eu saiba que nunca mais a vou ver. Hoje foi o funeral e eu não pude ir.


É a primeira vez que morre alguém que eu conheço. Nunca me tinha acontecido tal coisa. Quando o meu pai dizia à minha mãe que o flano tal tinha morrido, eu ouvia e ficava com pena dos familiares, mas encolhia os ombros e passados cinco minutos já estava a pensar noutra coisa qualquer.
Mas assim é diferente. Eu não gostava das aulas de português, eram uma seca. Fazíamos sempre as mesmas coisas, todas as aulas. Corrigir o trabalho de casa, ler um texto, fazer a análise do mesmo, fazer os exercícios e a gramática, corrigi-los e apontar o trabalho de casa.
Porém, eu gostava da professora. Da sua personalidade, da sua cultura... ela era uma das minhas favoritas.
Era daquelas pessoas que não tinha favoritos, tratava todos de igual forma. Gosto de pessoas assim, independentemente da idade.
--------------------------------------------------------------
Lições nº 76/77                                                                                                                               21/1/15
 Sumário:
Correção das atividades da página 138.
Formação de palavras e funções sintáticas (página 139).
As conjunções e locuções conjucionais subordinantes concessivas (página 140).
Leitura e análise do excerto III: "O mundo em que vivi" de Ilse Losa.
-------------------------------------------------------------- 
Pronto, não me perguntes porque escrevi o último sumário que foi escrito pela professora, mas acho que preciso de saber o que fizemos naquele último dia.

Eu nunca pensei em dizer isto, mas... preciso que seja segunda-feira. Preciso que seja segunda-feira para eu ir à escola e esperar impacientemente até às 10 horas pela aula de português que não vou ter. Preciso de ir à escola para ver outras pessoas a falarem dela, para fazer minutos de silêncio, para ver a cara triste do marido (ele também é professor lá na escola). Descobri que o filho mais velho da professora tem 7 anos. É triste não é?

Sabes que um dos meus sonhos é escrever um livro. Quando o escrever, irei dedicá-lo a várias pessoas. Família, amigos, talvez leitoras (se continuar com esta mania de blogues) e também a ela. É  a única coisa que posso fazer...
Agora não quero falar mais no assunto. Simplesmente não consigo... Já ficaste a saber tudo.

Emma

10 comentários:

  1. A vida é mesmo assim injusta! Um dia estamos bem noutro já estamos na morgue ou em coma. Tenho a certeza que a tua professora iria ficar muito feliz ao saber que te preocupas com ela!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens toda a razão no que dizes A.C.
      Eu também acho que ela ficaria feliz por mim, só já não o pode provar...

      Eliminar
    2. r: é verdade querida. É preciso levar um dia de cada vez com calma ;)

      Eliminar
    3. Sim. E em vez de pensar que ela nunca mais vai ralhar com os alunos, que nunca mais vai dar um abraço ao marido e aos filhos, mais vale pensar que enquanto ela esteve aqui fez o que realmente gostava.
      Agora é seguir em frente. Uma vida sem altos e baixos não é vida. :)

      Eliminar
  2. “É isso. Pessoas se vão. Pessoas morrem. É a única certeza que temos nesse mundo.” - Pretty Little Liars; Quando chegares à temporada 5 no episódio 14, irás ouvir o irmão da Aria dizer isso.
    Às vezes não queremos acreditar que x de pessoa partiu e nos deixou aqui, neste mundo enorme sem ela.

    Marii

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes Marii, eu ainda estou no início da segunda temporada e já sei quem é -A. Como me disseste uma vez, dava uma boa detetive :)

      Eliminar
  3. É triste...mas a vida é assim.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não se pode mudar nada... Apenas temos de seguir em frente, felizes ou não...

      Eliminar
  4. Ultimamente as mortes andam-me a fazer uma confusão enorme...

    R: É que é mesmo, as miúdas andam com cenas da Violetta dos pés à cabeça!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois Nor... Esta causou-me uma confusão horrível!
      Quanto à cena da Violetta, já enjoa ver as miúdas mais pequenas assim! :P

      Eliminar

♡ Leio e respondo a todos os comentários.
♡ Escusas de insultar, faz antes uma crítica construtiva.
♡ Deixa sempre o link do teu blogue no final.
♡ Adoro-vos a todos/as!